Campanha e livro sobre violência contra as mulheres são lançados em evento do Direito

Publicado em: 13-11-2019


A Faculdade de Direito da Universidade de Rio Verde – UniRV, por meio do Núcleo de Prática Jurídica (Setor de Prática Processual Real - SPPR), realizou nesta segunda-feira, 11, o “VIII Colóquio Sobre Práticas Jurídicas”, sob coordenação da professora Ma. Scheila Gomes França e como convidada a Delegada Titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Rio Verde - DEAM/RV, Dra Jaqueline Camargo Machado de Queiroz Sielskis.

À ocasião, ocorreu o lançamento da obra de autoria da Delegada intitulada “Uma Análise da Violência Sexual de Meninas à Luz dos Direitos Humanos” e da Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, uma mobilização global com o objetivo de sensibilizar, estimular o ativismo e compartilhar conhecimento e inovação para prevenir e eliminar a violência contra mulheres e meninas em todo o mundo. No Brasil, a ação dura 21 dias, com início em 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, e término em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

O Núcleo de Prática Jurídica e a DEAM/RV se uniram à Campanha, que consistirá na realização de atividades educativas e preventivas nas escolas públicas e privadas de Rio Verde. Estudantes do nível fundamental, do 5º ao 9º ano, discorrerão nesse período de ativismo, sobre questões relacionadas aos direitos humanos, à equidade de gênero e de raça ou etnia e ao problema da violência doméstica e familiar contra as mulheres. Após as discussões, os alunos elaborarão redações sobre o tema, e as cinco melhores serão premiadas com tablets, bicicleta e modernas mochilas escolares. A Campanha atingirá um total de 4.944 estudantes.

Segundo o diretor da Faculdade de Direito, professor Me. Aricio Vieira da Silva, a parceria firmada entre a UniRV (Núcleo de Prática Jurídica) e a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher conta com o apoio do Reitor Dr. Sebastião Lázaro Pereira, Professor Tatão e tem contribuído significativamente para levar orientação jurídica para os hipossuficientes que procuram a DEAM para atendimento e torna-se um excelente instrumento prático para os acadêmicos.


Fotos: Faculdade de Direito